Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Policial Militar suspeito de matar vereador em cidade paraibana é preso no Pernambuco; Relembre o caso

Policial Militar suspeito de matar vereador em cidade paraibana é preso no Pernambuco; Relembre o caso
A polícia prendeu de forma preventiva na manhã desta sexta-feira (20), em Pernambuco, um policial militar suspeito de ter assassinado o vereador Geraldo Caetano (PSD), conhecido como Déa.

Ele foi morto com mais de seis tiros efetuados por um homem armado, que teve a cobertura de outro que o aguardava em uma moto para ser utilizada na fuga. O crime aconteceu na noite de 21 de agosto de 2013, em Serra Branca, a 240 km de João Pessoa.

O PM detido foi localizado na cidade de Brejo da Madre de Deus, a mais de 200 km de Recife. Neste momento, ele já está na delegacia de Monteiro.

Déa foi assassinado na lanchonete da qual era proprietário por uma pessoa que teria se passado por cliente e monitorado a jornada dele no local. 

SOBRE O CRIME:

Um crime bárbaro chocou a população de Serra Branca-PB no final da noite desta quarta-feira (21/08/2013).

O vereador Geraldo Caetano do PSD, mais conhecido por "Déa" que também é proprietário de uma lanchonete localizada em frente ao colégio estadual Senador José Gaudêncio foi morto a queima roupa em seu próprio quiosque.

Segundo informações apuradas por um Blog local, um homem até o momento não identificado lanchou no estabelecimento e na hora de pagar a conta, colocou a mão no bolso e sacou um revólver. Ele disparou quatro tiros contra o vereador que não resistiu morrendo no local.

O criminoso saiu de cara lisa a pé, da mesma forma que chegou, e na esquina uma moto o esperava para a fuga.

A Polícia Militar foi acionada fazendo vários cercos na região fechando as entradas que dão acessos aos municípios circunvizinhos a fim de capturar o assassino. O Instituto de Medicina Legal também foi acionado para recolher o corpo que será submetido a necropsia para posteriormente ser entregue aos familiares para sepultamento.

A comoção na cidade é grande e não se sabe ainda o que teria motivado o crime. Segundo informações, o criminoso foi visto no estabelecimento do vereador um dia antes.link

0 comentários: