Com o seu mandado de prisão expedido nesta quinta-feira (5)  pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, o ex-deputado pernambucano Pedro Corrêa (PP) se entregou há pouco à Superintendência da Polícia Federal em Brasília. Condenado a 7 anos e 2 meses no julgamento do mensalão, o progressista havia indicado, em entrevista exclusiva àFolha de Pernambuco, que gostaria de cumprir o quanto antes a pena que fora estabelecida pela Justiça.

Além de Pedro Corrêa, os republicanos Valdemar Costa Neto e Bispo Rodrigues e o ex-vice-presidente do Banco Rural Vinícius Samarane também tiveram seus mandados de prisão expedidos nesta quinta.

Confira a íntegra da entrevista concedida por Pedro Corrêa aqui.  link