Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Após marcha, militares entregam reivindicações à Alepe e ao Governo


Comissão de policiais é recebida pelo secretário da Casa Civil, Luciano Vásquez.  (Foto: Raul Buarque / Governo de Pernambuco)

Manifestação de policiais e bombeiros reuniu cerca de mil pessoas.
Entre os pleitos, estão reajuste de gratificações e kits de trabalho.


O secretário da Casa Civil de Pernambuco, Luciano Vásquez, recebeu uma comissão de policiais e bombeiros militares no início da noite desta sexta-feira (25), após marcha que reuniu cerca de mil representantes da categoria, no centro do Recife. Na ocasião, os militares entregaram uma pauta de reivindicações para o secretário.

"Até o dia 5 teremos reuniões com alguns deputados. Mas no dia 5 teremos um encontro oficial marcado com vários deputados, para ouvir o que eles têm a nos dizer, para que possamos decidir os próximos passos", afirmou um dos líderes do movimento, Joel Maurino do Carmo. Em nota oficial, o secretário Luciano Vásquez informou que os pontos ressaltados pelos militares serão avaliados pela Governo de Pernambuco.

Também estavam presentes ao encontro no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo estadual, o chefe de gabinete, Rubens Júnior, o chefe da Casa Militar, Mário Cavalcanti, e os deputados Pedro Serafim (PDT) e Sérgo Leite (PT). O petista afirmou, na saída, que os representantes do governo se comprometeram a avaliar todas as reivindicações e encaminhar as reclamações para as secretarias competentes.

Marcha dos policiais e bombeiros parou em frente à Assembleia Legislativa. (Foto: Débora Soares / G1)Marcha dos policiais e bombeiros parou em frente à
Assembleia Legislativa. (Foto: Débora Soares / G1)

Antes de chegarem à sede do executivo, a marcha parou em frente à Assembleia Legislativa, que já estava fechada. Uma comissão formada por cerca de 15 manifestantes foi recebida no Anexo I pelos dois parlamentares, que em seguida foram para o Palácio. "Eu tenho aqui uma prática de receber todos os movimentos, sempre recebi nesses quatro anos. Sou policial também, já recebi uma pauta de reivindicações com antecedência e acho elas justas. Sou policial e tem muita coisa que tem que ser melhorada. Mas hoje não vai haver solução, é apenas o primeiro passo", afirmou o Sérgio Leite.

A marcha saiu por volta das 14h da Praça do Derby e seguiu pela Avenida Conde da Boa Vista até a Assembleia. A pauta de reivindicações da categoria tem 18 tópicos. Entre os principais itens, estão a entrega de kits de trabalho (compostos por colete, arma e algema) para todos os PMs de Pernambuco; reajuste das gratificações para as variadas patentes, com base no risco de vida de cada uma; reajuste no vale-alimentação, dos atuais R$ 10,30/dia para R$ 25/dia; atualização do plano de cargos e carreiras; extinção da determinação que obriga a redução do salário, retirada de arma e trabalho administrativo para PMs que estão sob investigação pela Corregedoria. Atualmente, há cerca de 20 mil PMs e 3 mil bombeiros militares no estado.ver link

0 comentários: