Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

História dos Volantes

Coronel João Nunes
Por: Antonio Vilela

Coronel João de Araújo Nunes
João de Araújo Nunes, nasceu em 27 de janeiro de 1881 em Águas Belas (PE). João Nunes foi um homem de extrema coragem comandando a Força Pública de Pernambuco no combate ao cangacerismo,enfrentando Lampião e seu séquito com uma bravura fora do comum. 

O Coronel João Nunes era um homem forte e destemido, não tinha medo de Lampião, ao contrario, o Capitão vesgo tinha um respeito muito grande por Nunes.

Lampião teve uma grande oportunidade de matar o Coronel João Nunes e não o fez graças a bravura do mesmo. O coronel não se dobrou ao "Capitão" bandido. Em 30 de novembro de 1930, o Coronel, então aposentado estava descansando em sua fazenda em Águas Belas. 

Lampião foi lá e sequestrou o brioso militar. Primeiro o Rei do cangaço exigiu a importância de quinze contos de réis de resgate, mas João Nunes estava sem essa importância, o velho Coronel jurava que era um homem morto. Foi levado até o estado de Sergipe,entretanto, por sua coragem e bravura, sem jamais mostrar fraqueza, foi tratado com educação pelos cangaceiros e com muita admiração pelo próprio Lampião. 

Ao chegar à Sergipe e sem receber os 15 contos de réis pedidos de resgates, Lampião resolveu liberar o velho e brioso Coronel João de Araújo Nunes.





Ao contrário, em vez de pagar o resgate ao Capitão Virgulino, João Nunes acabou recebendo 30 mil réis para as despesas com comida e transporte. O velho Coronel chega ao Recife cansado, mas vitorioso de ter escapado das garras do famigerado Lampião, o terror do sertão, afirmando que Lampião era um "bandido de sentimentos humanos". O que salvou o Coronel João Nunes foi a sua coragem de enfrentar o infortúnio de estar sequestrado pelo bando de Lampião, conseguindo assim a simpatia dos bandoleiros e do próprio Virgulino Ferreira da Silva.


Cel. João Nunes ao centro 
tendo a sua esquerda o Cel. Audálio Tenório

Na revolução de 1930,João Nunes foi preso juntamente com o governador de Pernambuco Estácio Coimbra, ele, João Nunes,foi levado para a Casa de Detenção do Recife, ficando na mesma sela com João Dantas, assassino de João Pessoa, interventor da Paraiba. João Dantas disse ser o Coronel João Nunes "um homem forte".

O Coronel teve uma trajetória de vida muito bonita, foi prefeito de Águas Belas,Canhotinho e Garanhuns.

Fonte: SOUZA. Antônio Vilela - O Incrível Mundo do Cangaço vol. 2  EdiçõesBagaço 2010. Pág 31.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------
Adendo Lampião Aceso

O Cel João Nunes foi Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de Pernambuco. Existe no bairro de Santo Amaro, no Recife, o 13º BPM. Batalhão Cel. João Nunes. Foi Diretor da Casa de Detenção do Recife por três vezes; Diretor do Presídio de Fernando de Noronha; Assessor do Governador Cid Sampaio e membro da maçonaria. No prédio do Comando Geral da PMEPE, sua foto inaugurou a Galeria dos Comandantes. Tem uma rua batizada com seu nome na cidade onde nasceu, Águas Belas, onde foi prefeito de 1928 a 1930. Faleceu em 1971.

Fonte: www.osnunesemtodosostempos.blogspot.com.br

0 comentários: